As cores são lindas

mariscal_open

Este último sábado fui dar uma olhada na exposição do Mariscal, que termina dia 29 de setembro [corra]. Será que existe spoiler de exposição? Acho que pelo menos neste caso, pode ser que sim.

Vá lá rapidão no Tomie Ohtake e volte em seguida.

A primeira coisa que você verá é uma cortina de ilustrações p&b configurando um quase portal para outra dimensão [hipérbole… ou não?]. Como elemento de instalação, você em um primeiro momento observa cada folha cuidadosamente, ainda de longe, enrolando na entrada na próxima sala. Há um prenúncio lúdico nesse momento; para prosseguir, você deve atravessar esse túnelzinho, e vai pegar na roupa e no cabelo, a não ser que você seja uma criancinha de colo, o que ainda confirma a minha tal hipótese. Uma sala preta abarrotada de ilustrações de tudo quanto é coisa é a próxima parada.

Se o ponto é a matriz do desenho, o desenho é a matriz do trabalho de Mariscal. A partir daí surgem desde móveis criativos, como a casinha de criança feita de papelão [intitulada Villa Júlia] a dioramas animados com cachorrinhos. In-crí-vel.

As ilustrações em si são daquele estilo meio “o que não fazer” das aulas da faculdade. Tremidas, rabiscadinhas e muito lindas. O cachorrinho deve ter milhares de variações, mas as paisagens me chamaram muito a atenção, pois é o estilo de ilustra que eu gostaria de conseguir fazer algum dia. Tenho uma estranha satisfação em ver tantos objetos de estudos diferentes saírem com uma personalidade tão distinta e próxima, que desperta uma certa divertimento difícil de se explicar.

Daí você vira a esquina e tudo muda. Cores para todos os lados povoando o salão branco! Depois de tanta ilustração, vemos a aplicação de todos aqueles desenhos, incluindo peças já à venda em parceria com a Tok&Stok. Quero o conjunto de lençol.

Encontrei a seguinte frase de efeito no site do estúdio:

“First surprise, then fascinate. Finally, convince.”
This is our strategy. [mariscal.com]

Vendo o processo de trabalho deles que inclui a própria exposição, o discurso vai além da frase inspiracional. Trata-se de uma simplificação do processo de trabalho do Mariscal, que me surpreende com curiosidade, fascina com o lúdico e convence com o maravilhamento. Ou qualquer uma destas ordens.

Javier-Mariscal-copie-1

Leave a Comment

Campos obrigatórios estão marcados *.