Irritação passada

É uma irritação associada a algo.

Eu não culpo o algo e tento não julgar, mas o dado não facilita.

Lembro-me das boas ocasiões, mas o egoísmo atual me perturba.

Tento compreender, mas acabo julgando.

Não há como nem porquê vencer. Eu entendo, sério. Mas a existência do objeto se dedica a apenas uma função, que contradiz a sua existência e suposta razão de ser. Eu sou hipócrita com as pequenas coisas, todos são. Os objetos não deveriam mas também são. Vejo um desespero cego tão tamanho que acabo perplexa diante da hilaridade venenosa de toda a situação.

Pondo em outras palavras, é um saco ter que ver o velho acidente de trem acontecer diante de mim, mas as pipocas são boas para espetáculos, mesmo os mais trágicos.

Leave a Comment

Campos obrigatórios estão marcados *.